terça-feira, 26 de julho de 2011

Filme: Prova de Fogo


Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Titulo Original: Fireproof
Titulo no Brasil: À Prova de Fogo
Gênero: Drama
País de origem: EUA
Ano de lançamento: 2008
Tempo de duração: Sony Pictures
Direção: Alex Kendrick
Sinopse: O filme À Prova de Fogo, segue o mesmo estilo de Desafiando Gigantes… Kirk Cameron (Deixados Para Trás) interpreta Caleb Holt, um heróico capitão bombeiro que preza a dedicação e o serviço ao próximo acima de tudo. Mas a parceria mais importante de sua vida, seu casamento, está prestes a se desfazer em fumaça. Esta história cativante acompanha o desejo de um homem em transformar sua vida e seu casamento através do poder curativo da fé e de seguir adiante pelo lema dos bombeiros: Nunca deixe seu parceiro para trás.
Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Trailer do filme - À Prova de Fogo 



Salvando casamentos
Este filme é uma lição para todos os casais que se encontram numa crise conjugal.
O livro O desafio de amar, faz parte deste filme e Deus tem feito maravilhas através deste filme e do livro. Recomendado para todos os casais, mesmo os que não estão em crise.
O filme À Prova de Fogo é fantástico, mais do que uma lição de vida é uma prova de que o amor supera a distância que as vezes existe no coração de alguns casais que se amam, mas que ainda não aprenderam a demonstrar este amor. Deus é maravilhoso,no filme e na vida percebemos o quanto mudamos.

Fotos do filme À Prova de Fogo

Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Filme: À Prova de Fogo (Fireproof)   Salvando relacionamentos e casamentos
Para quem quem gosta de ler, fica a opção dos livros que podem ser encontrados no www.submarino.com.br

O livro, Prova de Fogo para Casais é fundamentado em princípios bíblicos para casamentosfortes, centrados em Deus e duradouros. Embarque em um estudo de seis lições, usando vídeo clipes de Prova de Fogo (não incluso), junto com questões para debates e devocionais individuais e para casais.


Fonte: portalpower

domingo, 24 de julho de 2011

Bispo Edir Macedo propõe abstinência de lixo da TV, mas a Record exibe ‘A Fazenda’

O bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, propôs aos fiéis em seu blog a realização de uma abstinência de lixo audiovisual nos primeiros 21 dias de agosto. “Será um jejum de toda e qualquer informação secular: TV, internet, jornais, revistas, radio, enfim, de tudo o que não for de Deus.”
Nestes dias, a quarta temporada do programa “A Fazenda”, da TV Record, emissora do bispo, deverá estar a todo vapor. Na busca de audiência a qualquer preço, esse reality show tem se equiparado em baixo nível com o Big Brother Brasil, da TV Globo.
No ano passado, “A Fazenda” ficou em segundo lugar no Ranking da Baixaria na TV, de acordo com levantamento da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Só perdeu para o “Pânico na TV”, da Rede TV!  A classificação foi feita com base em denúncias de telespectadores.
“A Fazenda” deste ano começou na terça-feira (19) e terá duração de 85 dias. Por enquanto, os participantes estão se conhecendo melhor.  O Compadre Washington, líder do grupo de pagode “É o Tchan”, por exemplo, já avisou Monique e Dinei que ele é feio, mas de uma coisa tem certeza: “Eu faço gostoso, a pegada aqui é boa”.
Se o Compadre e outros participantes cumprirem o que falam, o reality show terá boa audiência, recompensando o pesado investimento da emissora.
Uma das fontes de receita da Record, que possibilita investimento como esse, é a Igreja Universal, que compra o horário da madrugada da emissora a peso de ouro. O que vale dizer que os dizimistas que aderirem à abstinência do lixo televisivo estarão financiando as “pegadas” do Compadre Washington.
Em seu blog, Edir Macedo disse que não adianta ser religioso, obreiro, pastor e bispo se o fiel não estiver disposto a vencer “os espíritos das trevas” com iniciativas como a do jejum de lixo secular.
Mas o próprio bispo, pelo que fica subentendido, poderá não se submeter a tal jejum porque, como destacou, ficará dispensado quem trabalha ou depende de informação.
Espera-se, agora, que um dia o bispo Macedo promova jejum de hipocrisia.
 

sábado, 23 de julho de 2011

Sabor de mel: todos iram olhar e ver Jesus brilhando em você



Sabor De Mel

O agir de Deus é lindo na vida de quem é fiel, 
No começo tem provas amargas,
Mas no fim tem o sabor do mel
Eu nunca vi um escolhido sem resposta
Porque em tudo Deus lhe mostra uma solução,
Até nas cinzas ele clama e Deus atende lhe protege,
lhe defende, com as suas fortes mãos
Você é um escolhido e a tua história não acaba aqui
Você pode estar chorando agora,
Mas amanha você irá sorrir,
Deus vai te levantar das cinzas e do pó,
Deus vai cumprir tudo que tem te prometido,
Você vai ver a mão de Deus te exaltar
Quem te vê há de falar,
Ele é mesmo escolhido.
Vão dizer que você nasceu pra vencer
Que já sabiam porque você
Tinha mesmo cara de vencedor,
E que se Deus quer agir ninguém pode impedir
Então você verá cumprir cada palavra
Que o Senhor falou,

Quem te viu passar na prova e não te ajudou,
Quando ver você na benção vão se arrepender,
Vai estar entre a platéia e você no palco,
Vai olhar e ver Jesus brilhando em você,
Quem sabe no teu pensamento você vai dizer,
Meu Deus como vale a pena a gente ser fiel,
Na verdade a minha prova tinha um gosto amargo,
Mas minha vitória hoje tem sabor de mel,

Tem sabor de mel, tem sabor de mel,
A minha vitória hoje tem sabor de mel,
Tem sabor de mel, tem sabor de mel,
A minha vitória hoje tem sabor de mel. 


sexta-feira, 22 de julho de 2011

Vida é superação




A nossa alegria supera nossa tristeza,
nosso consolo supera nossa dor,
nossa fé supera nossa dúvida,
nossa esperança supera nosso desespero,
nosso entusiasmo supera nosso desânimo,
nosso sucesso supera nosso fracasso,
nossa coragem supera nosso medo,
nossa força supera nossa fraqueza,
nossa perseverança supera nossa inconstância,
nossa paz supera nossa guerra,
nossa luz supera nossa escuridão,
nossa voz supera nosso silêncio,
nossa paciência supera nossa impaciência,
nosso descanso supera nosso cansaço,
nosso conhecimento supera nossa ignorância,
nossa sabedoria supera nossa tolice,
nossa vitória supera nossa derrota,
nossa ação supera nosso tédio,
nosso ganho supera nossa perda,
nossa resistência supera nossa fragilidade,
nosso sorriso supera nosso choro,
nossa gratidão supera nossa ingradidão,
nossa riqueza supera nossa pobreza,
nosso sonho supera nossa realidade...
Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo! 



fonte: otimismoemrede

O QUE FAZER PARA SAIR DA POSTURA DE VÍTIMA, INFERIOR AOS OUTROS?





É comum encontrar pessoas que assumiram na vida, uma postura de vítima, uma coitada, uma desamparada...
Geralmente, a pessoa apresenta um comportamento reprimido e sem iniciativa, refletindo uma dificuldade de lidar com o mundo externo, em especial com as pessoas.
"Vítima" é a pessoa que se sente inferior à realidade, vê as situações apenas nos seus aspectos negativos, transferindo para as outras pessoas os seus problemas e a responsabilidade pelo que lhe acontece. Não percebe que ela própria é responsável pela sua vida, nos seus altos e baixos, nas alegrias ou tristezas, no bom ou ruim de sua vida.
Uma pessoa na postura de vítima sente-se uma coitada e sofredora porque condiciona a sua felicidade, a sua paz interior ou o seu comportamento, à ação dos outros, sejam eles amigos, familiares, cônjuge, filhos, pais ou colegas de trabalho ou ainda quaisquer outras pessoas com quem se relacione. E como as pessoas não agem segundo um padrão que "ela" ( a vítima) quer, ela se sente coitada face às pessoas. E usa isso como bode expiatório para sua acomodação no sofrimento, transformando a sua vida em uma grande lista de reclamações, opção mais cômoda do que fazer alguma coisa para solucionar ou resolver a situação.
A pessoa nessa postura de vítima joga o "jogo da infelicidade": sofre e gosta de fazer os outros sofrerem com o sofrimento dela. É a co-dependência do sofrimento: ela sofre e obriga com sentimentalismos e suas emoções, todos os que convivem com ela, a também sofrem junto. É um lobo em pele de cordeiro pois a vítima usa o próprio sofrimento para controlar o sentimento dos outros, para que os outros tenham pena dela e fiquem cuidando dela. Coloca-se como dominada, fraca, uma coitada, mas na realidade ela é dominadora e se sente forte agindo assim. Isso porque uma pessoa agindo como vítima tende a ser orgulhosa, mas com uma capa de humildade. Orgulhosa porque sofre de perfeccionismo, acha-se perfeita e "os outros", ah, os
outros é que têm que mudar, ela não! A vítima cria um mundo próprio e tenta enquadrar todo mundo nele.
Uma pessoa não nasce com essa postura de vítima, ela a desenvolve, por condicionamento social. O sentimento de vítima geralmente se instala antes de a pessoa se tornar adulta, em especial na infância. 
Esses são alguns aspectos do comportamento de vítima. Agora que tal você fazer a prova dos nove e ver se você age ou não, como vítima. Se constatar que você age como vítima, procure mudar, transformando a sua vida em algo mais significativo, desenvolvendo atitudes mais realistas frente às situações da vida, agindo com mais espontaneidade e naturalidade.
Esse desenvolvimento é uma tarefa individual, pessoal, sua. Procure ajudar você mesma para tornar-se mais disponível para a a vida, para a felicidade e harmonia e para a realização em cada momento. Você é o único responsável pelo seu próprio aprendizado e desenvolvimento como pessoa.  



fonte: editora-opcao

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O sexo não é pecaminoso


Todas as coisas vivas no universo devem sua vida ao princípio do sexo. Flores, animais, seres humanos, tudo depende da união de macho e fêmea. Isto é parte do plano do Deus todo poderoso. O primeiro mandamento de Deus ao homem foi: Frutificai e multiplicai-vos e enchei a terra (Gn. 1.28). A reprodução aqui ordenada nada tem a ver com o pecado, porque Deus assim falou a Adão antes que ele cometesse qualquer pecado.
O registro da criação da mulher por Deus e do estabelecimento é sublime: Disse mais o Senhor Deus: "Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora, que esteja como diante dele (Gn. 2.18).
Este ideal maravilhoso para o homem e para a mulher. Eva foi criada não para ser uma atrapalhadora, mas uma adjutora. Este propósito de Deus para com ela faz lembrar de milhares de mulheres que, silenciosa, mas corajosamente, criaram em seus lares um tal ambiente que capacitou o homem a realizar o melhor.
A Bíblia está repleta de conselhos para um casamento feliz e assim fala: Alegra-te com a mulher de tua mocidade (Pv. 5.18). Este texto se refere ao lado físico do amor e prova que o sexo em si não é pecaminoso. A Bíblia diz mais: O que acha uma mulher acha uma coisa boa e alcançou a benevolência do Senhor. (Pv. 18.22)
Quando o nosso Senhor esteve aqui na Terra, colocou o selo de sua aprovação sobre o matrimônio, ao assistir ao casamento em Cauá da Galiléia. Ele realizou ali seu primeiro milagre transformando a água em vinho para os convidados.
O apóstolo Paulo, ao instruir o jovem Timóteo sobre a obra do ministério, preveniu-o de que nos últimos tempos alguns apostatarão da fé... proibindo o casamento I Tm. 4.1,3. Há certas religiões e cultos que ensinam que seus ministros ou sacerdotes são mais santos porque não se casam.
Tudo isto nos mostra que o sexo dentro do matrimônio é plano de Deus e abençoado por Ele.
Cantares de Salomão. O livro todo enfoca o amor conjugal.
"Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão a prostituição e aos adúlteros Deus os julgará". (Hb. 13.4)

fonte: net gospel

Cantai ao Senhor

"Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome; anunciai a sua salvação de dia em dia." (Salmos 96:2)
Cantar é uma experiência que os seres humanos têm e que os mobiliza em todo o país e em todo o mundo.
Cantar bem, com harmonia e ritmo, não é tão fácil. Por essa razão, somente alguns têm renome no desempenho dessa arte.
Abandonada essa exigência de perfeição, todas as pessoas – dentre as quais você está incluído – de tempos em tempos, soltam a voz e cantam de canções cujas letras traduzem mensagens de amor, sentimento, exaltação a alguém ou a algo e lembranças.
A pergunta que se coloca é: você tem entoado cânticos de louvor a Deus? Se a resposta for negativa, saiba que está perdendo uma oportunidade de ouro.
Cantar para engrandecer a Deus não exige dotes especiais nem treinamento de voz, mas somente um coração aberto e traz alegria e bênção para a sua vida.
Experimente !
Leia hoje: Atos 16:22-26; Tiago 5:13; Isaías 49:13
Extraído do livro de mensagens: “Ouvindo a Deus”
fonte: net gospel

NOTICIA: Supermercado paga R$ 260 mil a criança alvo de racismo



Seguranças teriam desconfiado de furto e chamado menino de "negrinho sujo e fedido"

O garoto negro T., de 10 anos, que acusa seguranças do Hipermercado Extra da Penha, na zona leste de São Paulo, de tê-lo chamado de "negrinho sujo e fedido" e de ter sido obrigado a tirar a roupa, foi indenizado em R$ 260 mil pela empresa. Os seguranças suspeitavam de furto. A criança não havia levado nada. 
O caso ocorreu em 13 de janeiro. Segundo depoimento da criança no 10.º Distrito Policial (Penha), ele foi abordado por três seguranças e levado para uma "sala reservada" com outros dois garotos, de 12 e 13 anos. Após as ofensas raciais, um segurança "japonês" (com feições orientais) o ameaçou com uma "faquinha de cabo azul", com um tubo de papelão - dizia que "era bom para bater" - e afirmou que ia "pegar um chicote". 
O garoto foi obrigado a tirar a roupa e, só depois, os seguranças verificaram que T. levava nota fiscal de R$ 14,65, que comprovava a compra de dois pacotes de biscoito, dois pacotes de salgadinhos e um refrigerante. O documento foi anexado ao inquérito e é uma das principais provas contra os seguranças. 
Apesar da indenização, o Grupo Pão de Açúcar afirma "não reconhecer" as alegações. Segundo o texto do acordo, a indenização foi concedida "por mera liberalidade e sem qualquer assunção de culpa nas esferas cível ou criminal". Os seguranças envolvidos, segundo a empresa, foram demitidos. O Grupo Pão de Açúcar ainda afirmou que "repudia qualquer ato discriminatório, pauta suas ações no respeito aos direitos humanos e esclarece que o assunto foi resolvido entre as partes". "A investigação criminal não pode parar. Nesse tipo de caso, as punições têm de ser exemplares. São crimes muito graves, que podem marcar a pessoa para a vida toda. Especialmente quando a vítima é uma criança", disse o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), Ivan Seixas, que acompanhou o caso. 



fonte: r7

sábado, 16 de julho de 2011

Soberbos

"Soberba é o sentimento negativo caracterizado pela pretensão de superioridade sobre as demais pessoas, levando a manifestações ostensivas de arrogância, por vezes sem fundamento algum em fatos ou variáveis reais. A soberba não é privilégio dos ricos. Os pobres também podem experimentar a soberba ao se considerarem especiais e buscando fingir serem o que não são. Não só através de bens materiais, pois muitas vezes a pessoa pode se sentir superior aos outros por acreditar que é o melhor no que faz, no que decide, na sua capacidade de resolver situações. Orgulho é um sentimento de satisfação pela capacidade ou realização ou um sentimento elevado de dignidade pessoal. Em Português a palavra Orgulho pode ser vista tanto como uma atitute positiva como negativa dependendo das circunstâncias. Assim, o termo pode ser empregado tanto como sinônimo de soberba e arrogância quanto para indicar dignidade ou brio" (Wikipédia).

Uma pessoa orgulhosa não admite seus erros, não pede nem aceita ajuda, prejudica a si mesma.Acredita que já sabe de tudo, que sabe mais e entende melhor; como poderia alguém lhe acrescentar alguma coisa? Normalmente quem tem alguma formação, vasto conhecimento, é inteligente e esperto, é quem mais sofre com a soberba. Co
m falsa modéstia se esconde atrás de palavras de humildade, mas na verdade seu orgulho engana até a si mesmo. Há aqueles que se submetem a autoridades e até aceitam sua superioridade, mas perante iguais não admitem equiparação, se acham superiores, os outros não estão no seu nível. Sem falar que o egoísmo é parte integrante do orgulho...
A verdadeira humildade aprecia aprender com quem quer que seja, admite suas falhas sem se sentir inferiorizada, não humilha outrem, não precisa se exaltar para ser valorizada. A auto-estima é válida e saudável, devemos nos valorizar, sim, ter amor próprio, mas sem menosprezar ninguém, nem agir com falsidade para preservar nossa imagem.

Se você reconhece em si a soberba, ore, se arrependa e procure mudar, pois "Deus resiste aos soberbos" (1 Pe 5:5).



fonte: gracarenovada

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Os cantores gospel, seus cachês e a vergonha do evangelho

  
Há pouco eu estava assistindo na Rede Record de Televisão, o programa “Geraldo Brasil” onde inúmeros cantores gospel estavam reunidos. Em meio a muita cantoria, um deles afirmou que Deus mudou as suas vidas transformando-os poderosamente. Contudo, ao serem questionados sobre seus shows, todos foram unânimes em concordar que o que fazem é servir a Deus com os seus dons e ministérios. Ora, vamos combinar uma coisa? Se esses caras tivessem se convertido as suas vidas não teriam mudado? E Carla Peres? Se tivesse encontrado ao Senhor continuaria dançando no carnaval? E quantos aos cachês? Continuariam sendo cobrados em valores exorbitantes?

Caro amigo, infelizmente em nome de Deus os denominados cantores gospel tem cobrado o olho da cara. Alguns destes possuem a pachorra de cobrar R$ 40.000,00 por show. Ora, isso é uma verdadeira aberração! Em um país de gente miserável e pobre, a igreja em vez de saciar a fome daqueles que anseiam por justiça e comida, comercializa a fé?

Sinceramente esses cantores que se dizem vocacionados deveriam abrir mão dos cachês nababescos e viver como qualquer servo de Deus. É bem possível que ao ler a esta afirmação talvez você esteja pensado com seus botões: “Há, mais eles precisam viver, é certo que recebam!” Claro que é justo que recebam uma oferta como qualquer ministro cristão, todavia, existe uma diferença significativa entre receber uma oferta e cobrar milhares de reais por apresentação. Se não bastasse isso, tais cantores se locupletam de uma glória que não lhes pertencem, tomando para si a honra que pertence ao Senhor das nossas vidas.

Pois é, esta historia de artista gospel é uma verdadeira vergonha. Afirmar que seus shows fazem parte de um ministério cristão é no mínimo afrontar o conceito bíblico de serviço. Isto posto, repudio veementemente os que em nome Deus se locupletam da fé publica cobrando valores imorais por seus shows e apresentações.

Que Deus tenha misericórdia desta geração!


fonte: http://www.webevangelista.com

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Cantora evangélica ganha ação por plágio contra o padre Marcelo Rossi



Associação Brasileira de Música e Artes reconheceu que a cantora evangélica Marinalva Santos é autora de “Noites traiçoeiras”.
A cantora piauiense Marinalva Santos, 39 anos, ganhou ação por plágio contra o padre Marcelo Rossi. A Associação Brasileira de Música e Artes reconheceu que a cantora evangélica é autora da música “Noites Traiçoeiras” e que a canção foi plagiada pelo padre.
Em 2009, a cantora esteve no Jornal do Piauí denunciando que a música foi plagiada. Ela contou que a canção foi feita inspirada em um salmo e para comemorar aniversário de uma igreja Assembleia de Deus em Uberlândia.
O pastor Francisco Felipe Cordeiro, que é marido e empresário da cantora, informou ao Cidadeverde.com que a música já rendeu um milhão de cópias ao “padre cantor” e que a agora os direitos autorais vão para a piauiense.
“Entramos com ação e apresentamos todos os documentos a Associação Brasileira de Música e Artes. A partir desta segunda-feira, todos os direitos autorais vão para Marinalva”, garantiu o pastor.
Ele ressaltou que a cantora tentou um acordo com a assessoria do padre Marcelo Rossi, mas a proposta foi recusada. “Nós tentamentos acordo com ele (Marcelo Rossi), mas não deu certo e a proposta que ofereceu em dinheiro foi rejeitada”, disse o pastor sem revelar o valor em dinheiro.
Para comemorar a vitória, a cantora que já compôs mais de 100 músicas, vai fazer uma festa em Santana do Piauí.



Veja abaixo a letra e a musica para baixar


Noites Traiçoeiras

Pe. Marcelo Rossi



Deus está aqui neste momento
Sua presença é real em meu viver
Entregue sua vida e seus problemas
Fale com Deus, Ele vai ajudar você.
Ôôôô
Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento
Ôôôô
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim
De todos os seus tormentos
(refrão)
E ainda se vier, noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até
Fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo (bis)
Seja qual for o seu problema
Fale com Deus, Ele vai ajudar você
Após a dor vem a alegria
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer
Ôôôô
Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim
De todos os seus tormentos
(refrão)
E ainda se vier, noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até
Fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo
         
 versão:Marcelo Rossi 

versão:Voz da Verdade 



Depressão: demônio ou doença?



Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) até 2030, a depressão será a maior causadora de perda de qualidade de vida no mundo, hoje, a depressão está relacionada direta ou indiretamente com a morte de 850 mil pessoas por ano, estima-se que só no Brasil sejam 20 milhões o número de pessoas com depressão.

Num primeiro momento poderíamos pensar que depressão é coisa de psiquiatra, e que o tratamento deve ser por meio de remédios (antidepressivos), o que não é um equívoco em sua complexidade, é verdade, a depressão neurológica só pode ser tratada de maneira medicamentosa, porém, a depressão de causa emocional, majoritariamente o caso mais comum, necessita de atendimento psicoterápico, simultâneo ao atendimento farmacológico.

Embora haja evidencias científicas de sua natureza patológica, alguns religiosos insistem em exorcizar o depressivo, há quem até identifique até um espírito chamado de “espírito de depressão”. Diante desta visão simplista fico a indagar: o que será de nossos irmãos em Cristo que sofrem de depressão? Estão eles endemoninhados? E quando falamos de pastor com depressão? Estaria ele possuído?

Permita-me compartilhar uma experiência pessoal, presido uma Ong (www.god.org.br)

que se destina a oferecer atendimento psicológico gratuito, para tanto, utilizamos um anexo de nossa igreja (Comunidade Cristã do Tatuapé). Tal atendimento psicológico é aberto a toda a comunidade de nosso bairro e adjacências, porém, para a minha surpresa 99% dos nossos pacientes são irmãos em Cristo de várias igrejas evangélicas, atendemos pastores, missionários, membros da diretoria da igreja, enfim, irmãos que estão adoecendo emocionalmente dentro das igrejas.

Dentro da atividade psicoterápica, buscando as causas do adoecimento emocional, não me parece que estejam “endemoninhados”, ao contrário há causas bastante claras e justificáveis para o sofrimento vivenciado por eles, problemas conjugais, familiares, profissionais, perdas, frustrações, traições... um número indizível de razões que os levaram a desenvolver um comportamento depressivo. 

[b]Pergunta: Por que procuraram atendimento psicológico?[/b]

Por uma simples razão, estão cansados de serem exorcizados em suas igrejas sem qualquer resultado concreto. Pessoas precisam de oração, mas acima de tudo de atenção, de amor e compreensão. Não podemos continuar fazendo igreja no “atacado”, onde as pessoas se tornaram um número em nossa relação de membros, mas alguns irmãos precisam ser individualizados, como uma ovelha que não consegue acompanhar o passo das demais, e por isso, precisa ser tratada de forma individual.

Acredito que demônios possam atuar agravando o estado de sofrimento de pessoas, e diante desta atuação apenas a oração no nome de Jesus possa curá-los, no entanto, quando pensamos em “depressão” acredito que o caso é muito mais complexo que o mero exorcismo. Lembre-se, somos “crentes”, mas continuamos sendo seres humanos, e ser humano se perfaz pela necessidade de amar e sentir-se amado. Acredito que podemos como igreja fazer mais do que orar por essas pessoas.