quinta-feira, 15 de setembro de 2011

SERIE SENTIMENTO ABOMINÁVEIS 06 : SENTIMENTO E AÇÃO VIOLENTA


VIOLÊNCIA! POR QUÊ?!



A sociedade não consegue entender por que pessoas tornam-se tão violentas a ponto de, a sangue frio, cometerem atos sanguinários. Cometem como se fossem desprovidas de quaisquer sentimentos ou limites, os quais fariam perceber-se que não há justificativa para se tirar a vida de um ser humano. Mais injustificáveis tornam-se quando se percebe os motivos fúteis que nos levam a concluir o quanto a maldade e a violência ficaram banalizadas de tal maneira, que têm pessoas perdendo a vida por causa de trocados, tênis e muitas das vezes, pelo simples desejo que alguns desajustados têm de matar. Desajustados que, sem ao menos enfrentarem resistências, optam pela execução de suas vítimas, em uma mistura de maldade com possessão maligna.
A explicação da ciência para esse tipo de frieza e explosão de fúria é que todo indivíduo, o qual tenha esse tipo de comportamento, age assim por ter baixa serotonina no cérebro, substância que limita os acessos de fúria do ser humano, colocando um freio biológico nas suas explosões de ira, não deixando que se chegue a extremos. Assim, essa substância daria vazão à explosão de ira. Fez-se uma pesquisa científica com macacos e descobriu-se que os filhotes criados longe dos pais tinham baixa serotonina no cérebro e tais animais tinham explosões de fúria, sem controle, como comprovadamente acontece com os seres humanos. Logo percebemos que crianças criadas sem afeto, por pais completamente ausentes e famílias desajustadas não desenvolverão serotonina suficiente no cérebro e logo serão fortes candidatos a protagonizarem a violência, devido à presença desse bloqueio psicológico causado pela baixa serotonina. Dizem os cientistas que o excesso de testosterona gera comportamentos violentos, como também os danos no lobo frontal do cérebro causado por se balançar a criança com movimentos, por violência, fazendo com que o cérebro se movimente na caixa do crânio, gerando esse dano cerebral.


A violência tem sido combatida nos ensinamentos bíblicos através de vários pedidos feito por Jesus e os Apóstolos em suas cartas, pedindo para termos domínio próprio, equilíbrio e controlarmos os nossos impulsos, estando sempre em sujeição ao Espírito Santo. Deus vê pessoas arrogantes como nocivas. Ele chegou a declarar que “somente os mansos herdarão a terra” (Mt 5.5), o que prova que na nova Jerusalém celestial pessoas bravas, que não têm o temperamento controlado pelo Espírito, e a serotonina recomposta pelo amor e afeto de Deus vai ficar fora do processo.
Jesus Cristo se preocupou tanto com o problema que pessoas violentas e agressivas que geram para si e para os outros, que fez um apelo dramático dizendo: “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração” (Mt 11.29).
Vamos entrar em uma campanha pelo equilíbrio das ações e reações. Vamos contar até mil, se for necessário, antes de qualquer revide e reaprendermos a fazer a nós mesmos aquela célebre pergunta do começo da nossa fé: que faria Jesus no meu lugar? Resumindo. Violência é a falta de Deus no coração das pessoas e do fruto do Espírito, mansidão.


FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br

Nenhum comentário: