domingo, 30 de agosto de 2015

Thalles canta “Pais e Filhos”, de Renato Russo, e critica “Raridade"

As polêmicas envolvendo o cantor Thalles Roberto não cessam nas redes sociais, e agora, um vídeo com novas declarações do cantor a respeito da qualidade da música gospel causou mais um rebuliço.
Um vídeo gravado no mesmo show em que Thalles afirmou que se sente melhor e mais rico que todos os outros cantores gospel brasileiros, juntos, mostra o artista mineiro entoando um trecho da música “Pais e Filhos”, composta por Renato Russo, que foi vocalista da banda Legião Urbana e faleceu em 1994.
“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar pra pensar, na verdade não há”, cantou Thalles, acompanhado pela plateia. Mais adiante, ele diz: “Essa música, no culto, tinha que ser cantada todo domingo”.
No mesmo contexto, falando sobre o conteúdo do que se canta nas igrejas evangélicas, Thalles deu a entender que as letras são vazias de sentido prático e não transmitem mensagens que sirvam de referência para quem as ouve: “Eu amo o Anderson Freire, amo. Mas ele tem que cantar coisas diferentes. ‘Você é um espelho que reflete a imagem do Senhor. Não chore se o mundo ainda não notou. Já é o bastante, Deus vai reconhecer o seu valor’. Se você é o espelho que reflete a imagem do Senhor… Sabe o que Ele fez? O céu, a Terra, as estrelas, o sol, o mar, a vida, e se você refletisse a imagem d’Ele, todo mundo da Terra iria notar você. Você não consegue pensar? Não raciocina?”, afirmou Thalles, sugerindo incoerência na letra da música.



Nenhum comentário: