segunda-feira, 9 de novembro de 2015

comentem!!!

ola pessoal qdo olho para os numero de visitas fico feliz e me incentiva a postar mais e mais, mas...quando olho e na caixa de mensagens e não vejo nenhum comentários confesso que desanimo um pouco, deixa ae pessoal um comentário pelo menos se estão gostando ou se estão detestando, custa nada.

Deus abençoe a todos

Romilldo

3 maneiras de viver em retidão


  • É cada vez mais comum ligarmos a televisão e nos depararmos com notícias terríveis em qualquer lugar do mundo. Muitas vezes, nós mesmos, assistimos a tudo aquilo com muita naturalidade. São notícias sobre assassinatos, crueldades com idosos e crianças, maus-tratos com animais, desonestidade e muitas outras coisas ruins.
    A impressão que temos é que a maldade e crueldade tomou conta de tudo e de todos. Felizmente isso não é verdade! Há ainda muitas famílias ensinando princípios e valores dentro de seus lares, há pessoas honestas e que se importam umas com as outras. Há ainda muita caridade, muito altruísmo e muito amor, mesmo que possa parecer que não, o bem ainda está sobre o mal, cabe a nós mostrar isso ao mundo.
    É possível estar feliz, ter valores e bons princípios e viver em retidão no mundo atual, acredite.
  • 1. Centralize sua vida em Cristo

    Conheça mais sobre Ele e mostre sua fidelidade ao Salvador. Sempre que a indecisão, tristeza ou sentimentos ruins adentrarem sua mente e coração aja como o Salvador agiria. Questione-se sempre que possível: O que Ele faria em meu lugar, nesta situação?
    Com certeza, após conhecê-Lo melhor, você saberá a resposta para esta questão, independente da situação que se encontre.
    Dedique a Ele seus melhores momentos e suas maiores alegrias.
  • 2. Seja o exemplo

    Ser o exemplo nas ações, no falar, nos pensamentos. Pequenas ações são muito relevantes para tornar o mundo melhor e mais bonito. As pessoas estão tão acostumadas com ações ruins e notícias tristes que boas ações chamam atenção e contaminam o sentimento de todos que estão à volta. Diga bom dia, obrigada, por favor, com licença, como vai?, com estas pequenas palavras você pode tornar as pessoas a sua volta mais feliz.
  • 3. Guarde os mandamentos do Senhor

    Aqueles dez mandamentos dados a Moisés no Monte Sinai são atuais ainda hoje. Não roubar, não matar, não prestar falso testemunho, não cobiçar são muito relevantes para se ter felicidade neste mundo.
    Mostre sua fidelidade ao Senhor fazendo tudo aquilo que Ele nos ordenou que fizéssemos e assim, mantendo esta fidelidade, você será fiel a si próprio e a todos que o rodeiam.
    Viver em retidão é possível, basta ter o desejo, deixar de lado qualquer coisa ou sentimento ruim e buscar as coisas louváveis. E o melhor de tudo é que você pode começar hoje mesmo a viver de uma forma mais reta, só depende de você.

Cumprir os mandamentos de Deus nos dá mais liberdade


  • Imagine que você está num deserto. Não sabe como foi parar ali e nem para onde deve ir. Você sabe que tem um lar e precisa voltar para lá, mas desconhece a direção.
    Alguém chega até você e lhe entrega um mapa e uma bússola que lhe indicarão como voltar para casa. Qual seria seu sentimento em relação à entrega desses instrumentos direcionadores?
    Algumas pessoas acham que é bom, mas não dão muita atenção.
    Outros sentem que um mapa e uma bússola restringem sua liberdade de andar pelo deserto e explorar todas as suas possibilidades.
    Outros acham que é muito difícil seguir tais instrumentos.
    E outros são gratos e os usam para voltar a seu lar.
    Nosso Pai Celeste quer que voltemos para casa, para viver com Ele para sempre. Por isso, nos deu orientações de como encontrar o caminho. Esses instrumentos direcionadores se chamam "Mandamentos".
  • É uma relação de amor

    Os mandamentos de Deus são uma manifestação de Seu amor por nós, e a obediência a Seus mandamentos é uma expressão de nosso amor por Ele. (Carole Stephens)
    Podemos tomar como exemplo a maneira como conduzimos nossos filhos. Quando lhes dizemos que não devem falar com estranhos, ou usar a internet sem supervisão, podemos estar lhes restringindo a liberdade (na visão deles), mas nós sabemos que na realidade queremos protegê-los e guiá-los por um caminho seguro. E por que o fazemos? Porque os amamos. Quando lhe explicamos que essa é a razão por trás de tais limites, eles compreenderão e estarão mais propensos a obedecer.
    Assim é com nosso Pai Celeste. Ele nos dá os mandamentos como proteção enquanto andamos pelo deserto da vida. Talvez não compreendamos todas as razões daquilo que consideramos "restrição", mas, se nos tornarmos humildes como as crianças, compreenderemos, confiaremos Nele e seremos guiados de volta ao lar.
    Como os mandamentos nos dão segurança?
  • Assim como as crianças precisam seguir as orientações de pais amorosos que querem seu bem, nós também precisamos seguir as orientações bondosas de nosso Pai Celeste. Para isso, é necessária uma aproximação de Nosso Pai. Podemos fazer isso através da oração e leitura da palavra de Deus.
    Aos nos aproximarmos mais de Deus aprenderemos:
  • A conhecê-lo

    É impossível amar alguém a quem não conhecemos, que não faz parte de nossos pensamentos e nem de nossas vidas. Conhecer a Deus aumentará nosso amor por Ele e nos aproximará Dele. E através da oração podemos conversar e receber respostas às nossas questões – devemos ter sensibilidade espiritual para isso, o que só aumenta à medida em que nos empenhamos.
    A confiar nele
  • Se confiarmos em Deus e em seu amor por Nós, será mais fácil seguir os mandamentos porque saberemos que Ele quer o nosso bem. Nada mais que isso. Então podemos alcançar a paz que vem de saber que Deus está no comando e de deixar nossas vidas e nossas famílias em suas mãos bondosas e sábias.
  • A ouvir os sussurros do Espírito Santo

    Quanto mais oramos e fazemos o que Deus espera de nós, mais perto Ele estará e nossa sensibilidade aumentará. Seremos capazes de ouvir as respostas às nossas orações e seremos guiados ao atravessar problemas, pois Deus promete que enviará o Espírito Santo que será nosso companheiro constante. Quando sua mente lhe disser coisas que você não sabia, quando sentir que está sendo guiado e seu peito se enche de um ardor, entusiasmo, alegria e paz, saiba que o Espírito Santo está falando à sua mente e ao seu coração.
    E se a sua mente estiver cheia de dúvidas e confusão, Deus lhe enviará o Espírito Santo para avisá-lo e guiá-lo em segurança diante dos perigos no deserto da vida mortal.
    Ele é nosso Pai e está lá para nos orientar, consolar, proteger e nos guiar em todos os momentos se tão somente O buscarmos e guardamos os seus mandamentos

5 estratégias que o inimigo usa para nos enganar e destruir


  • Talvez você não saiba, mas há uma terrível guerra sendo travada neste exato momento. Ela teve início em tempos longínquos. Não falo de uma guerra mundial ou civil, nem de matanças no submundo do crime. Falo de uma guerra ainda mais devastadora, uma guerra que pode nos afetar física, mental e espiritualmente, e tem consequências eternas.
    "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade." (Efésios 6:12)
    Assim como há um Deus no céu, um Pai que nos ama, zela por nosso bem-estar físico, emocional e espiritual; que quer nos abençoar com o melhor que há, tanto na mortalidade quanto na eternidade; há um inimigo comum aqui na terra disposto a TUDO para nos tornar tão miserável quanto ele é.
    O inimigo de Deus e do homem, conhecido com o diabo (Efésios 4:26), Satanás (Jó 2:2) ou Lúcifer (Isaías 14:12) conhece-nos muito bem. Ele e seus anjos caídos (Apoc. 12:9) estão a nossa volta, atentos a tudo o que fazemos e dizemos, trabalhando a mil para nos destruir.
    A fim de nos protegermos, precisamos conhecer 5 estratégias que ele usa para nos enganar e destruir:
  • 1. Tenta convencer-nos de que Deus não existe

    É muito cômodo não crer em Deus, pois se Deus não existe, não existe pecado, então não haverá cobranças nem castigo. Não teremos que, um dia, prestar contas da nossa vida, já que, quando essa vida passar, sobrarão somente nossos restos mortais.
    Porém, algo precisa ser levado em consideração: Deus não vai deixar de existir só por que milhões decidiram não crer Nele. Ideias não anulam fatos.
  • 2. Tenta convencer-nos de que ele mesmo não existe

    "Não existe diabo, consequentemente, não existe pecado." Não é uma boa estratégia? É isso que ele quer que pensemos. Acho até que essa é a sua tática predileta, e, em minha opinião, a mais covarde e perigosa, pois as pessoas desprotegidas são sempre as primeiras a cair.
    Um sábio homem que viveu na América pré-colombiana registrou: "E eis que a outros ele [o diabo] lisonjeia, dizendo-lhes que não há inferno; e diz: Eu não sou o diabo, porque ele não existe — e assim lhes sussurra aos ouvidos até agarrá-los com suas terríveis correntes, das quais não há libertação".
  • 3. Torna o pecado divertido, belo e aceitável

    "Um pouquinho não faz mal!", "O que é bonito é para ser mostrado!", "O corpo é meu!", "Vale tudo quando o assunto é amor!", são justificativas bastante usadas para transformar aquilo que Deus condenou em algo belo e aceitável.
    4. Tenta convencer-nos a colocar nossa vida e saúde em risco em busca de fortes emoções
  • Porque não tem e nunca terá um corpo físico, ele inveja o nosso. Por isso, quer que o coloquemos em risco. Ele aproveita-se do fato de gostarmos, pelo menos um pouco, de emoção e adrenalina, para nos induzir a obtê-las de maneira irresponsável, como dirigindo em alta velocidade, nadando em lugares perigosos, usando substância alucinógenas, bebendo, provocando brigas, aceitando desafios perigosos etc.
    5. Oferece-nos substitutos para Deus
  • Para consolar e acalmar o povo que murmurava pela demora de Moisés, na ocasião em que subiu ao monte Sinai para receber os 10 mandamentos, Aarão, seu irmão, construiu um bezerro de ouro para o povo adorar.
    Hoje em dia, há outros deuses que o inimigo nos oferece como "consolo" e substituto para o Deus verdadeiro. Veja alguns exemplos:
    • A TV – quando deixamos de ajudar o próximo, de ler as escrituras, de ir à igreja, de cumprir com aquilo que Deus espera de nós porque temos aquele "programa imperdível" para assistir.
    • Um carro novo – quando negamos uma carona para quem precisa, porque não queremos sujá-lo.
    • Um diploma universitário – quando decidimos que não há mais espaço para Deus em nossa vida, porque os trabalhos da faculdade tomam todo o nosso tempo e energia, ou porque "não dá para conciliar" o conhecimento que adquirimos com nossas crenças.
    • Uma casa de praia – quando tiramos também férias de Deus, deixando de lado nossas responsabilidades para com Ele e o próximo durante todo o verão.
      Isso não significa que essas coisas sejam ruins. Muito pelo contrário, são muito boas! E algumas delas, necessárias. Só são ruins quando passamos a adorá-las, tornando-as nossos "deuses". Isto é, colocando-as como um empecilho para o nosso relacionamento com Deus, como foi exemplificado acima.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

a palavra é confiança


Um relacionamento só avança para o futuro se for baseado em confiança, amor, lealdade, esses fatores são essenciais para uma boa convivência e respeito.
Se um desses fatores acabam, o relacionamento fica conturbado.
Sem confiança não tem como você acreditar 100% no que o outro diz, faz ou fala.
Sem amor não dá para viver em casal,  o amor é oque une a relação.
Sem lealdade nada importa mais, a lealdade é a prova de que confiança e amor existem.

Confiança é igual vidro. Quando você quebra, pode até tentar consertar, mas nunca mais vai ser a mesma coisa.



quarta-feira, 4 de novembro de 2015

pense bem!!!!!


Salmo 23


10 Dicas Para Seu Dia a Dia


DOMINE sua fala. Diga sempre menos do que pensa. Cultive uma voz baixa e suave.
PENSE … antes de fazer uma promessa e depois não a quebre, não importa o quanto lhe custe cumpri-la.
NUNCA … deixe passar uma oportunidade para dizer uma coisa meiga e animadora a uma pessoa ou a respeito dela.
TENHA … interesse nos outros – em suas ocupações, em seu bem-estar, seus lares e família. Seja sempre alegre com os que riem e lamente com os que choram. Aja de tal maneira que as pessoas com quem se encontrar sintam que você lhes dispensa atenção e lhes dá importância

SEJA alegre. Conserve-se sorrindo. Ria das histórias boas e aprenda a contá-las.
CONSERVE… a mente aberta para todas as questões de discussão. Investigue, mas não argumente. É próprio das grandes mentalidades discordar e ainda conservar a amizade do seu oponente.
DEIXE … que suas virtudes falem por si mesmas e recuse a falar das faltas e fraquezas dos outros. Condene murmúrios. Faça uma regra de falar só coisas boas dos outros.
TENHA… cuidado com os sentimentos dos outros. Gracejos e críticas não valem a pena e freqüentemente magoam quando menos se espera.
NÃO … faça questão das observações más a seu respeito. Viva de modo que ninguém as acredite.
NÃO… seja excessivamente zeloso dos seus direitos. Trabalhe, tenha paciência, conserve-se calmo, esqueça-se de si mesmo e receberá a recompensa. “A passagem do tempo deve ser uma conquista e não uma perda.” Que Deus abençoe sua vida!!

imagem mensagem






erros....

decepcao


oi galera do meu blog essa semana, ou seja o feriado foi muito conturbado, a palavra e DECEPÇÃO. palavra que me tira o folego me faz triste, principalmente quando a decepcao vem de onde vc nem imagina. to sem assundo e muito triste. bjo aos visitantes.
Romilldo

6 conselhos para melhorar as relações íntimas com seu cônjuge

  • Homem a beijar mulher
  • Nas relações íntimas, há sempre o risco de monotonia, de cair na rotina. Então, como fazemos nossas relações conjugais voltar a ter aquele delicioso tempero do pão fresco? Talvez não tenha sentido dizer que muitos cresceram com a ideia de que sexo é ruim, pecaminoso, proibido, mas essa é uma meia verdade: poucas coisas podem ser mais nocivas e destrutivas para sua esposa, seus filhos, sua reputação, a sociedade e você mesmo, do que ter relações sexuais fora do casamento. As relações íntimas são um dos pináculos quando praticadas dentro dos laços do casamento.
    Agora deixe-me compartilhar algumas dicas que podem dar um novo tempero ao seu relacionamento.
  • 1. Levante a autoestima de seu cônjuge

    A mídia nos bombardeia de tal maneira com estereótipos de corpos "perfeitos" que as mulheres - segundo pesquisas - por mais tempo que dediquem à academia nunca estão felizes com seu corpo. Isso faz com que muitas pessoas reprimam seus impulsos eróticos.
    Se acrescentarmos a esse bombardeio da mídia a imagem de corpos voluptuosos que são abundantes na pornografia, certamente teremos expectativas que farão da relação sexual algo não satisfatório. O conselho é "Tire isso da cabeça!". Não compare e nem deixe que sua esposa se compare com outras mulheres. Não caia na armadilha de "avaliar" em relação a ideais impossíveis. Em questão de sexo é correto pensar que cada um está bem como é. Por favor, procure aspectos do corpo de sua esposa que você goste muito, e faça questão de que ela saiba que você os ama. Elogie seu corpo, e com isso você fará um grande favor a ela, e a você mesmo. Tenho certeza de que você irá concordar que não importa se uma pessoa "é" sexy, o importante é que ela se sinta sexy.
    O principal órgão sexual é o cérebro. Em nossa cultura a mensagem é "seu corpo está errado, você tem que odiá-lo". Estar nu e sentir-se confortável é difícil, especialmente para mulheres. Se você parar de focar no corpo, e se focar em estarem juntos, os dois vão se sentir muito mais felizes. Você espera que o amem pelo que é: faça o mesmo com sua esposa. Amar e aceitar de maneira incondicional definitivamente irá elevar o nível de felicidade sexual no seu relacionamento.
  • 2. Melhore sua condição física

    Fato: melhor condição física, melhor vida sexual. O exercício não só oferece um melhor desempenho e resistência física no ato sexual, mas libera hormônios e estimula a libido, porque melhora a autoestima.
  • 3. Resolvam seus conflitos

    Todos queremos fazer de nosso lar um lugar de meditação, paz e segurança, e assim deve ser. Mas o quarto principal (o do casal) é, além disso, o lugar onde os votos do casamento são renovados com o sagrado ato íntimo. Não deixe que sentimentos de raiva, mágoa, ressentimento ou frustração cheguem na cama. Não espere ter um bom relacionamento sexual se não pode haver uma abertura emocional e física entre ambos. O sexo não é a reconciliação dos problemas do casal. Em qualquer caso, é o clímax de uma reconciliação prévia, que fará com que o casal torne-se ainda mais unido.
  • 4. Deixe suas preocupações fora do quarto

    Os problemas do trabalho, as dívidas, finanças, tudo isso gera estresse. Um fato comprovado é que o estresse afeta a vida sexual de todos os mamíferos. As estatísticas mostram que as dívidas no casamento são um dos principais motivos de divórcios, e que os casamentos duram tão pouco devido à grande quantidade de dívidas com as quais os jovens chegam ao casamento. Aqui eu compartilho algumas ideias para resolver as finanças.
  • 5. Não deixe que a tecnologia interfira em seu relacionamento

    Tire a TV do quarto. E não somente esse aparelho: não permita tablets, celulares, etc.; a tecnologia é raramente usada para unir a família ou o casal: quase sempre serve para focar nossa atenção em pessoas ou coisas que estão muito longe do núcleo familiar, e que não nos ajudam em nosso relacionamento.
  • 6. Seu relacionamento precisa de um local - sem - crianças

    Isso significa várias coisas:
    • Dedique um tempo semanal para estarem sozinhos, sem filhos; isto ajudará a ter romance entre ambos.
    • Procurem ter intimidade, seja indo a um hotel juntos no final de semana, ou levando os filhos para passar uma noite com os avós.
    • É muito importante que seus filhos saibam que o quarto dos pais não é um lugar onde possam ir brincar ou fazer tarefas: é o lugar especial do casal e, assim que possível, nem o recém-nascido deve dormir lá.
    A ideologia que a mídia nos transmite, assim como o tipo de relacionamento que a tecnologia impõe, cada vez mais representam uma ameaça para o relacionamento do casal e para uma vida sexual satisfatória. Vale a pena colocar óculos especiais para observar e determinar que coisas podem lhe aproximar e quais podem lhe afastar de seu cônjuge. Você pode ler mais dicas para melhorar suas relações conjugais na segunda parte deste artigo.

8 qualidades para ser a melhor esposa

  • Desde pequena meu maior desejo foi ter uma família. Uma casa grande e bonita. Ser uma esposa perfeita e ter muitos filhos. Hoje meu sonho está realizado: tenho uma bela família, um marido maravilhoso, um bebê encantador e feliz, um lar que decoramos pouco a pouco, mas tudo com nosso amor. Tenho tudo o que sonhei um dia, bom, só faltam mais uns dois filhos, mas preciso esperar o tempo perfeito de Deus.
    A questão é que hoje os planos de muitas meninas são ao contrário dos que eu sempre tive, e mesmo que os respeite, devo admitir que sinto tristeza ao ver que hoje inúmeros casamentos não acontecem só pela mera vontade de amar-se e permanecer juntos pelo resto da vida. Comecei a pensar sobre qual o motivo de tantas mulheres não sentirem mais esse desejo de comprometer sua vida com um homem, e juntos formarem uma família. Talvez seja por darem prioridade aos estudos e à profissão, à busca por independência e autonomia, ou talvez seja o oposto: muitas mulheres não se acham suficientemente valiosas para serem dignas do amor de um homem e responsáveis para ter e criar filhos. Mas, amiga, deixe eu lhe contar que nós mulheres fomos escolhidas para ser grandes conselheiras e ministras do lar. Deus colocou em nós uma infinidade de habilidades para concretizar todos os nossos sonhos, sem precisar separá-los.
    Sou muito abençoada, pois compartilho minha vida com um homem maravilhoso, que é inteligente, simpático, responsável, bom amigo e bom pai, e a quem eu amo incondicionalmente. E mesmo que meu sonho sempre tenha sido ser uma esposa excelente, devo confessar que por um tempo, como mulher, me senti o "patinho feio". Hoje me vejo como uma mulher plena, realizada, digna e valiosa, enfim, me sinto poderosa, sim, cheia de qualidades inigualáveis por ser mulher. Quero que saiba que onde quer que você esteja, e onde quer que você vá, se você sonha em ser a melhor esposa e uma mãe exemplar: você pode consegui-lo. Deus depositou em você o potencial para ser essa companheira, não se deixe abater pelo que os outros pensam saber sobre você, acredite mais no que Deus colocou em você e use-o para realizar seu sonho.
    Quero compartilhar oito qualidades que todas as mulheres têm, e que é possível usar para nos tornarmos não só a esposa que "sonhamos" ser, mas para ser a esposa que - creio eu - Deus quer que você seja:
  • 1. Pureza

    Seu marido precisa ter ao seu lado uma mulher pura, moral e intelectualmente, pura em sua maneira de agir e de pensar, sábia ao julgar e discernir, consistente em sua maneira de ser e que seja um reflexo dele e de sua família.
  • 2. Perfeição

    Acredite, você é perfeita! Não precisa de nenhuma cirurgia, sua beleza física e emocional são adequadas para seu marido. Você já é bonita e delicada, ilumine-se diariamente com um sorriso e paciência, vista-se com bondade e bons conselhos, penteie-se com moderação e honra, agrade seu marido com isso e você verá que não existirá mulher mais perfeita que você para ele.
  • 3. Dignidade

    Sinta-se valiosa e digna de tudo o que você é, tem e conquistou. Não há melhor ímã para manter o amor de seu marido do que saber que ele tem ao seu lado uma mulher que se ama, se valoriza e se respeita, isso faz com que ele a admire e respeite.
  • 4. Força física e moral

    Nós damos à luz! Quer mais que isso? Somos resistentes à adversidade, não existe nada nem ninguém que possa nos destruir, somos fortes física e emocionalmente. Não existe ninguém como você, mulher, que resiste de pé a todos os tipos de batalha, e se você acreditar, você irá vencer.
  • 5. Sensibilidade

    Você tem dons especiais: intuição e um alto nível de percepção, somos generosas e compassivas. Você percebe as coisas e sempre faz mil tentativas para dar o melhor de si e para encontrar soluções. Faça seu marido orgulhoso por você ser a parte calorosa e amorosa do casamento.
    6. Sempre pronta
  • Você sente de longe o cheiro da batalha e sempre está disposta a agir, não poupa nem teme se for por sua família, sempre está lá, arriscando mas com estratégia, você acompanha e dá ânimo, e ele ama tudo isso em você.
  • 7. Submissa

    Não é para você deixar ele pisar em você. E, como você é inteligente, você sabe quando tem que ceder. As mulheres agem com inteligência e ao invés de guerras temos pactos. O marido deve ser o cabeça do lar e você, sua fiel escudeira.
  • 8. Você deve fazer mais

    Não se conforme, siga sempre em frente, animada e fortalecida. Fomos criadas para chegar até onde quisermos. Você é o motor do lar, você decide em que momento frear.
    Só de lembrar já me emocionei e mais uma vez, voltei a acreditar, hoje compartilho com você e desejo de todo o coração que você também se sinta poderosa por ser mulher, pois sem dúvida você irá se tornar a esposa que seu marido merece ao seu lado e a amará para toda a vida. Juntos realizam a melhor tarefa do mundo: formar um lar repleto de amor.